quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Resídios de você.

        A cada lágrima sofreada, cada frustação consumada. Em minha sobrevida a cada vestígio de você sou bem vindo aos pórticos do inferno... A cada palavra dita, cada lembrança, momento reavivado, me vejo preso em seus maus tratos. É você moço gentilmente descuidado. A cada luta perdida, a cada beijo ganhado, a cada agressão ocorrida me vejo perdidamente enlevado. Não entendo por que te prazera tanto me deixar abusado mas se é esse seu contentamento prefiro sofrer calado...

-Ps: Peço desculpas por passar tanto tempo calado, mas agora estou de volta e prometo que não vou mais abandonar meu diário. A postagem de hoje é muito pessoal e de forte influência da música New Way To Bleed (Novo Jeito de Sangrar) da minha banda favorita, Evanescence.

3 tocou(ram) no assunto;:

Cleber Eldridge disse...

sofrer calado não é a melhor opção, mas é uma.

Garoto Lunático disse...

é uma opção.

A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

Olá!
Fiquei muito feliz em conhecer o seu blog.
Gosto muito de ler textos e poemas, isso faz com que eu cresça cada dia mais.
A vida se torna interessante, à medida que encontramos pessoas como você.
Grande abraço
Se cuida

Postar um comentário